Em Cristo estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. (Colossenses 2:3)

Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.(Efésios5:6)
Digo isso a vocês para que não deixem que ninguém os engane com argumentos falsos. (Colossenses 2:4)

2 de dezembro de 2014

Quem foi o Leviathan do Livro de Jó?

http://3.bp.blogspot.com/_PcDgCeBbY9Y/SxxRUwA1mYI/AAAAAAAAAOw/GbJWi1iAiD4/s320/leviat%C3%A3.jpg

 
Numa análise anterior vimos que o Beemote ou Behemoth, criatura mencionada em Jó 40:15-19, de fato existiu, sendo um dinossauro Diplodócido. Porém, esse não é o único animal "fantástico" mencionado nesse livro. Há uma outra criatura, muito mais insólita, no capítulo que se segue

Quem é o Leviatã ou Leviathan?
Assim como a questão do Behemoth e do 4º animal que aparece representado na visão do Profeta Daniel, muita especulação houve em torno do que seria o Monstro Leviathan. Uns alegam que o mesmo seria uma "versão hebraica" de uma divindade da Babilônia, ou seja, um ser mítico. Outros afirmam que ele seria um dinossauro. Outros, um crocodilo. Ou até mesmo um dragão. Mas é claro, a resposta é apenas uma. O que, afinal, foi o Leviathan?

A LENDA HEBRAICA DO LEVIATHAN

O Livro de Jó, capítulos 40 e 41, aponta a imagem mais impressionante do Leviathan, descrevendo-o como o maior (ou o mais poderoso) dos monstros aquáticos. No diálogo entre Deus e Jó, o primeiro procede a uma série de indagações que revelam as características do monstro, tais como "ninguém é bastante ousado para provocá-lo" ou "Quando se levanta, tremem as ondas do mar, as vagas do mar se afastam. Se uma espada o toca, ela não resiste, nem a lança, nem a azagaia, nem o dardo. O ferro para ele é palha, o bronze pau podre".

Assim como o Behemoth e o Ziz (ser alado não mencionado na Bíblia), o Leviathan é uma criatura que faz parte da mitologia Hebraica. O seu nome, claramente, vem do hebraico liwjathan, cujo significo é “animal que se enrosca”, sendo modificado pelo latim bíblico para leviathan. Também é conhecido como “o monstro marinho”

Existe uma lenda que fala que Deus enviara Behemoth para matar Leviathan. Eles terão uma grande batalha, onde os dois morreriam, mas Behemoth sairia vitorioso por cumprir sua missão.
Outra lenda judaica diz que o Behemoth e Leviathan se enfrentarão no final dos tempos, matando-se um ao outro; então, sua carne será servida em banquete aos humanos que sobreviverem.

Para muitos historiadores, o Leviathan nunca existiu; é um animal mitológico que talvez esteja associado ao "Tiamat", uma divindade da mitologia da Babilônia. Porém, é provável que o animal descrito na Bíblia seja real, assim como o Behemoth, conforme comprovado, principalmente pela maneira que a Bíblia o descreve, que parece se referir a uma criatura que não só existiu como também conviveu com o homem, trazendo-lhes grande pavor na época.

Mas, sendo o Leviathan um animal que realmente existiu (e os mitos relacionados á ele possuírem um fundo de verdade), a qual criatura a Bíblia se refere quando o descreve?

UM DINOSSAURO...?


Sabemos que o Behemoth foi um tipo de dinossauro e que, claro, os tais existiram. Alguns criacionistas acreditam que o Leviathan, portanto, também seria um dinossauro contemporâneo ao homem. Mas seria realmente?

Bom, a Bíblia revela o Leviathan como um predador. Sendo assim, se o mesmo foi um dinossauro só pode ter sido um terópode, ou seja, da mesma ordem que pertence o Tyrannosaurus rex e o Velociraptor. Porém, pelos versos que descrevem a criatura e pelo mito hebraico do Leviathan, vemos que o Leviathan era uma criatura aquática, e até onde se sabe não foi encontrado nenhum dinossauro terópode com hábitos aquáticos. Nem mesmo os Espinossaurídeos, que se alimentavam de peixe, viviam nadando por aí.

E UM PLESSIOSSAURO?


o plesiossauro
 
Por esse motivo, a maior parte dos criacionistas da Terra Jovem alegam que o Leviathan foi um plessiossauro e que há evidências "cientificas" para se crer nisso.

E o que é um plessiossauro? Os plessiossauros foram répteis que dominaram os oceanos na Era Mesozóica, que possuíam braços em forma de remos e hábitos totalmente aquáticos. Alguns deles inclusive eram incrívelmente parecidos com o "monstro do lago ness", a exemplo do Elasmosaurus, um dos mais populares répteis desse grupo. Eles costumavam ser grandes, sendo que o maior deles, o Liopleurodon, por seus 25 metros de comprimento é considerado o maior predador que já exisitiu no planeta.

Ora, como os plessiossauros eram grandes predadores aquáticos, será que então o Leviathan foi um plessiossauro? Poderia até ser, se não fosse alguns inconvenientes...

Em primeiro lugar, o Plessiossauro viveu há milhões de anos antes do homem. Sabemos disso pelos vários métodos de datação, e não falamos apenas da datação radiométrica; apenas pela localização de todos os fósseis achados de plessiossauros nas camadas geológicas podemos ver que eles são bem mais antigos que Adão.

Além disso, a descrição bíblica da pele do Leviathan não se parece com o aspecto da pele de um plessiossauro. Sabemos por causa de fósseis em ótimo estado desses animas, que os plessiossauros possuíam uma pele lisa, como a de uma foca, não com placas como a do crocodilo. Nesse quesito fica impossível associar o plessiossauro ao Leviathah, que segundo a Bíblia, possuía escamas grossas, enfim, placas como cacos, em outras palavras, couro de crocodilo. Os plessiossauros, em alguns casos, eram tão graciosos como um golfinho!

Outra questão que é um grande problema a respeito do Leviathan como sendo um plessiossauro é a alegação bíblica de que o Leviathan solta faíscas de sua boca e fumaça de suas narinas. Alguns criacionistas afirmam que os fósseis dos plessiossauros possuíam grandes cavidades, onde poderia ocorrer uma reação química similar á que ocorre dentro do escaravelho bombardeiro, um besouro que explode uma espécie de ácido. Mas...

- Não há evidencia nenhuma de que os plessiossauros tiveram tal estrutura. E olha que já foram encontrados vários plessiossauros em bom estado...

- A disposição e a morfologia das narinas dos plessiossauros indica que eles permitiam que a água entrasse em sua boca e daí eles "farejavam" a água filtrando determinadas particulas delas pelas narinas internas. Ora, se o plessiossauro deixava entrar água na boca, fica um pouco difícil de imaginar que esse mesmo ser cospia fogo...

- O texto "dinossauros: a bíblia e a ciencia face a face", traz a seguinte frase: "Se isto sucede hoje (com o escaravelho bombardeiro), porque não com animais maiores (plessiossauros) ?". Bom, há uma enorme diferença na anatomia dos escaravelhos e dos plessiossauros; alegar que uma coisa vale para os dois animais é o mesmo que dizer que por serem venenosos a jararaca e o escorpião são animais da mesma família... (Embora a questão do bombardeiro ter relação com o Leviathan não é tão fantasiosa assim, como veremos mais adiante).

Conclusão: o Leviathan não foi um plessiossauro.

Mas então de que animal a Bíblia está falando??

BALEIA?

Alguns sugerem que o Leviatã é uma descrição hiperbólica de uma baleia. Esta perspectiva enfrenta alguma dificuldade, uma vez que o povo judeu do Próximo Oriente não teria tido, em princípio, qualquer contato com baleia, naquela região. No entanto, foi muito alimentada por Herman Melville, na sua obra "Moby Dick", bem como por outras ficções, como "Pinóquio", de acordo com a qual o próprio Pinóquio teria sido engolido por um cachalote. Ademais, a descrição da pele do Leviathan não bate com a da baleia...

UM LEVIATÃ EXTINTO?

No entanto, e mais por curiosidade, existiu na Pré-história um animal a qual os cientistas nomearam como Leviathan (espécie Livyatan melvillei) que viveu no Perú há 12 milhões de anos - uma data um tanto recente, mais recente que a da Era dos Dinossauros, atingindo até 18 metros de comprimento. Porém esse ser, além de estar extinto, era uma baleia e, como já dissemos, certamente o Leviathan de Jó não foi um cetáceo. Quem então pode ser?

E UM CROCODILO?

http://palavrasdeespiritoevida.files.wordpress.com/2009/04/leviata3.gif?w=300&h=198
 
No livro de Jó, o Leviatã é mencionado conjuntamente com outros animais que são, claramente, terrestres, tais como cabras, águias e falcões, fato que levou muitos estudiosos a considerá-lo como um animal semiaquático. O animal que é mais vezes proposto como Leviatã é o crocodilo do Nilo. Tal como o Leviatã, o crocodilo do Nilo é semiaquático, escamoso e possui dentes afiados.
Alguns autores, comparam os olhos do Leviatã aos do crocodilo, que saem da água antes do resto da cabeça, invocando a imagem da aurora.

Quanto à parte do Leviatã respirar fogo... Aí já há maior dificuldade de conciliação com o crocodilo. Há outras passagens bíblicas, nas quais se afirma que o Leviatã tem múltiplas cabeças, o que também não concorda com o crocodilo. Há quem diga que isso seja alegórico... Mas como veremos adiante, há uma grande possibilidade de isso ser literal...

SERIA O LEVIATHAN UM DRAGÃO?

http://static.tvguide.com/MediaBin/Galleries/Shows/A_F/Dq_Dz/DragonsFantasyMadeReal/crops/dragons-fantasy-made-real06.jpg
 
Os dragões são criaturas mitológicas que cospem fogo. No entanto, alguns estudos apontam a possibilidade do dragão ser um animal de verdade. Sendo assim, pela descrição bíblica é muito mais provável que o Leviathan seja um dragão.

Uma prova de que o Dragão mítico pode ter existido de verdade é que a sua lenda existia em várias culturas que nunca tiveram contato uma com a outra até o fim da Idade Média. Tanto é, que o dragão da história de Llannowar Dos Scots (Aprox. 500 DC), o Jörmungandr dos Vikings (Aprox. 300 DC) e o Dragão Vermelho da lenda do povo de Chian (Aprox. 300 DC) são descritos exatamente iguais: Serpente gigante com asas e 4 pequenas patas. Até então, esses povos nunca tinham entrado em contato direto, muito menos a ponto de trocar mitologias.

Mas... como pode um animal cospir fogo pela boca? Os produtores do documentário do Discovery Channel "DRAGÕES: UMA FANTASIA QUE SE TORNA REALIDADE", extraíram informações que mostram que um animal como o Leviathan pode realmente ter existido sem nenhuma dificuldade.

Todos os animais carregam bactérias em seus intestinos que ajudam na digestão dos alimentos. Neste processo, as bactérias liberam um produto metabólico secundário: gás. A equipe do programa do Discovery sugere que as bactérias presentes no sistema digestivo dos dragões poderiam ter sido de um tipo raro, liberando hidrogênio gasoso. O hidrogênio, que é combustível e 14 vezes mais leve que o ar, seria o segredo da capacidade de voar e de soltar fogo dos dragões. O hidrogênio aumentaria o seu poder de flutuação, permitindo que voassem. O gás produzido seria canalizado para duas bolsas de armazenamento, as vesículas de vôo, que, quando totalmente infladas, ajudariam estes animais a levantar vôo.

Mas ainda continua a pergunta: como poderia respirar fogo? O mesmo hidrogênio usado para manter os dragões no ar também é um gás combustível e pode produzir fogo, precisando para tanto apenas da presença de um catalisador. Na natureza, o besouro bombardeiro pode produzir uma explosão de líquido fervente usando enzimas e um catalisador orgânico. Os cientistas portanto propõem que os dragões poderiam ter usado platina em pó, um catalisador que podiam conseguir através da ingestão de platina, encontrada nas rochas sedimentárias. Platina poderia ter sido a faísca catalítica que reagiria com o hidrogênio armazenado nas vesículas de vôo dos dragões, produzindo fogo. Cientificamente, então, isto se encaixa com a descrição bíblica que diz que saem faíscas da boca do Leviathan.

Juntando todas as pistas, o único animal que se encaixa tanto com a Bíblia quanto com a lenda hebraica do Leviathan é o dragão cuspidor de fogo, presente em diversas lendas (ou relatos?) e que provavelmente existiu.

SIGNIFICADO ESPIRITUAL

Contudo, temos que fazer uma distinção a respeito do que espiritualmente o Leviathan pode significar. Em seu sentido literal e conforme é aplicado no Livro de Jó, o Leviathan foi um animal criado por Deus (assim como todo o resto dos seres vivos). Observe:

"Ali andam os navios; e o leviatã que formaste para nele folgar."

Deus formou o Leviathan. Deus formou todos os seres vivos... No demais ele é citado no livro de Jó para mostrar o poder de Deus e a Sua grandiosidade:

Ele também é usado para profetizar a destruição do mal pelo Senhor nos últimos dias.

"Naquele dia o Senhor castigará com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, a serpente fugitiva, e o leviatã, a serpente tortuosa; e matará o dragão, que está no mar."

"Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto."

No entanto, assim como ocorre com certos animais da Bíblia como o Cordeiro, o Leão, a Águia, a Rã ou até mesmo o dinossauro Carnotaurus (4º animal da visão de Daniel), existe uma representação do Leviathan no mundo espiritual. Na demoniologia, parte da teologia que estuda a questão dos demônios ou anjos caídos, Leviathan é o nome do espírito de manipulação,onde muitas características do animal Leviathan são representadas alegoricamente nele. Segundo John Konox, o espírito Leviathan tem a finalidade de governar e reger a mente do homem. Ele é um espírito de manipulação mais acentuado que Jezabel. A liderança regida pelo Leviathan fica amortecida e anulada.

Mas é claro, devemos separar as coisas aqui, pois a maior parte das referências bíblicas sobre o bicho (maior parte no livro de Jó) refere-se ao Leviathan como uma maravilha da criação de Deus, e não como um demônio. Portanto, misturar as coisas pode levar a pessoa a distorcer de forma bizarra alguns trechos da Bíblia, como ocorre numa pregação apresentada no Ministério Betel, onde a mistura do demônio Leviathan com o animal Leviathan levou a distorções gigantescas na mensagem, como pode visto aqui:

"Em Gênesis Deus mandou o homem dominar sobre Leviatã (...) Com a queda o homem se deixou dominar por Leviatã. Leviatã entrou na mente da matriarca das mulheres, lançou dúvidas, manipulou, mentiu, induziu. Leviatã sabia que se pegasse a mulher iria derrubar o homem, foi astuto. Por isso, toda mulher de Deus deve manter sua mente bem guardada.Quando Leviatã atacou Jó, usou sua mulher para desanimá-lo (Jó 2:9). Se acertarmos na liderança feminina Leviatã será derrotado."

Em outras palavras, devemos tomar cuidado para não fazer interpretações erradas das coisas.

CONCLUSÃO

Uma das coisas que o cristão nota ao analisar a Bíblia é a sua eficácia, tanto no texto quanto no seu contexto. Uma das passagens que parecia a mais desconexa da Bíblia, situada em Jó capítulos 40 e 41, por meio das análises apresentadas, torna-se realmente bem precisa: O Behemoth existiu, e o Leviathan também existiu, ambos exatamente da maneira que Deus os descreve para Jó, mostrando que perto desses incríveis seres, o homem não é nada.

Mas temos que atentar para o seguinte: Qual é o ponto da descrição do saurópode diplodócido (Behemoth) e do Dragão cuspidor de fogo (Leviathan)? O ponto da descrição destas duas criaturas é este: se Jó não pode nem se comparar em força com a criação de Deus, como pode ele esperar contender com o próprio Deus?

FONTE:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Livyatan_melvillei


http://www.estudosdabiblia.net/jo15.htm

http://www.estudosgospel.com.br/estudos/diversos/os-sete-pecados-capitais.html

http://www.discoverybrasil.com/dragoes/anatomia/index.shtml

http://www.discoverybrasil.com/dragoes/anatomia/anatomia2/index.shtml

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20090203032210AA7X0x6

http://pt.wikipedia.org/wiki/Leviat%C3%A3_%28monstro%29
 
VIA:
http://genesisum.blogspot.com.br/2011/06/quem-foi-o-leviathan-do-livro-de-jo.html
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário