Em Cristo estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. (Colossenses 2:3)

Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.(Efésios5:6)
Digo isso a vocês para que não deixem que ninguém os engane com argumentos falsos. (Colossenses 2:4)

25 de maio de 2011

DEZESSETE SINAIS DA GRANDE APOSTASIA DOS ÚLTIMOS DIAS

 
Este é um tema pouco discutido na igreja contemporânea. Pregadores entusiasmados, pentecostais, carismáticos e evangelistas pentecostais que viajam principalmente igrejas, falam de grandes avivamentos que ocorrerrão antes da segunda vinda do Senhor. Cesar Castellanos diz: "Nós recebemos a palavra no sentido de que nos próximos anos haverá pessoas com fome de conhecer a mensagem da salvação, milhões e milhões vão correr pelas ruas demonstrando seu desejo de conhecer a Cristo ..." 1
Também afirma em tons alienantes:
"O tipo de congregação em que não haja mais que 200 pessoas não estarão no modelo, porque cada igreja terá um mínimo de cem mil membros, com um pastor especializado, coordenada através do modelo dos doze impactando toda uma cidade ou toda uma nação" 2

Os defensores da "Teologia da Reconstrução" ou "Reino Agora", que é primo irmão dos ensinamentos de Castellanos diz que Cristo não virá até que a Igreja tenha conquistado o mundo através da conversão de todas as nações.

Mas o Novo Testamento não fala de grandes avivamentos antecipando a segunda vinda de Cristo, mas uma grande apostasia. Com relação à segunda vinda de nosso Senhor e nosso ajuntamento, com Ele, o apóstolo Paulo escreveu: "Ninguém vos engane de modo algum, porque não será assim sem que a apostasia venha em primeiro lugar e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição "(2 Ts 2:1-3). Para Timóteo, o apóstolo escreveu: "Agora diz claramente o Espírito que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1), e antes que tivesse dito: "Também saiba isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos "(2 Timóteo 3:1).

Apostasia na Bíblia, tanto do Antigo e Novo Testamentos, é caracterizado pelo seguinte:

Um: O abandono da fé, a fim de seguir o que o mundo oferece. O apóstolo Paulo disse sobre Demas: "Porque Demas me abandonou, tendo amado o mundo, e se foi ..." (2 Timóteo 4:10). Portanto, a apostasia é o abandono deliberado da fé cristã, por acreditar que o mundo é superior por suas atrações. O apóstata faz comparação entre a Igreja e o mundo, Cristo e diabo, o céu e o inferno, santidade e prazer, e se decide pelo mundo, pelo demônio, pela santidade e pelo prazer. Este foi o caso não só de Demas, mas de Israel no Antigo Testamento, com suas muitas apostasias.

Dois: Na confusão que se faz com que a fé cristã com os costumes, crenças e estilos que predominam no mundo: isto é, uma mistura de ambos para criar uma religião híbrida. Este é o tipo mais perigoso de apostasia. Etimologicamente, a apostasia entre os gregos antigos significava: "Sair do caminho, continuar andando ao lado da estrada, achando que anda por ela, mas chegará a um destino diferente."

"Apostasia" é um termo alarmante que os estudiosos e homens  genuínos de Deus estão a soar as trombetas para despertar a igreja. Mas, graças a todas as drogas soporíferas  que a igreja tem consumido com extraordinário prazer, não pode acordar de sua  profunda letargia. E se você não sabe, "letargia" (em grego, λήθαργος) não é um cochilo à tarde, mas "um sintoma de várias doenças do sistema nervoso, doença infecciosa ou tóxica caracterizada por uma sonolência profunda e prolongada." Muitos passam por um caminho religioso, divirtem-se nele, sentem-se realizados, são entretidos com os repertórios  carentes de sentido e conteúdo bíblico, frequentam igrejas onde os pastores tem a diabólica
habilidade de fazer com que todos se sintam bem com as suas palhaçadas. Mas não passam pelo caminho real que é Cristo, mas por um paralelo que os leva a um destino de perdição.

Joel Osteen, pastor da mega igreja em Houston, Texas, que ele herdou de seu pai (porque agora as igrejas são de propriedade dos pastores e quando eles se retiram, empossam seus filhos , mas não tem valor de uma palha), prometeu solenemente à sua congregação que nunca usaria na sua mensagem a palavra "pecado". Portanto, quem frequenta a sua igreja vai se sentir em casa nasa glutinações de anatomias, que agora são chamados de "igreja".

As provas de que a Igreja atravessa um momento claro de apostasia são muitos, incluindo:

1. Vida frívola dos cristãos.
2. Insensibilidade à santidade de Deus.
3. A naturalidade com que se comete pecado.
4. A introdução no estilo de louvor da igreja como extravagante e ridícula que está emergindo.
5. O desprezo para com a sã doutrina.
6. Desprezo pela instrução. Assim, a eliminação da Escola Dominical.
7. A indiferença para com a Palavra de Deus.
8. O materialismo das igrejas, pastores e membros.
9. Poderes para ver quem tem a maior igreja.
10. O alarmante número de ministros que caem em divórcio, adultérios, e que estão entrincheirados em seus púlpitos.
11. O conceito tão baixo que o mundo secular tem das igrejas, pastores e cristãos.
12. Estilos sensuais de adoração dos músicos, vocalistas e nômades cantores.
13. O protagonismo e senhorio que muitos pastores tem sobre as igrejas.
14. O nepotismo de faz de igrejas uma empresa familiar.
15. A facilidade com que as pessoas se tornam cristãs, são batizadas e se tornar membros de igrejas.
16. A substituição da Bíblia pela psicologia.
17. A politicagem, o caciquismo, o apadrinhamento e a burocracia que distinguem muitas pessoas que ostentam cargos eclesiásticos.

Qualquer um que tenha verdadeiramente sensibilidade e discernimento do Espírito Santo, sabe perfeitamente que esta é a realidade da igreja contemporânea.

O que temos de fazer é o que a Bíblia diz:
* Humilhar-se
* Arreperder-se de todo coração
* Voltar à Bíblia
* Abandonar tudo o que não está na Bíblia
* Buscar ser como a igreja do livro de Atos.

1 Cesar Castellanos, sonhos e ganhar o mundo, G12 Publishers, Miami, 2003, p.201.
2 Ibid., P.200.


"Está escrito ..."
"Ele foi escrito no passado, continua a ser escrito no
presente, e continuar a escrever no futuro, "
Mateus 4:4
 
Em Defesa da Fé: 17 signos do http://www.endefensadelafe.org/2008/07/diecisiete-seales-de-la-gran-apostasia.html Grande Apostasia # ixzz1NCG9Kf5C
Sob licença Creative Commons Attribution Non-Commercial Alike
 

TRADUÇÃO DO ESPANHOL PARA PORTUGUÊS: !ABRAOOLHO!

3 comentários:

  1. parece-me uma utopia fazer com que a igreja atual consiga voltar e se arrepender, sendo doutrinada por mercenários que não conhecem a Deus e um povo que escolheu a um Saul no lugar de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo devemos cada um fazer a nossa parte, sem olhar ou julgar o próximo, nosso papel de irmão é alertar aqueles que estão apostatados na fé e cuidarmos da nossa vida com Deus, para não sermos pegos pela apostasia!!
      Deus abençoe!

      Excluir
  2. Apostasia será o surgimento (e já existem) de falsas doutrinas de demônios. Nos últimos dias elas devem predominar em detrimento da verdadeira fé.

    ResponderExcluir