Em Cristo estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento. (Colossenses 2:3)

Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.(Efésios5:6)
Digo isso a vocês para que não deixem que ninguém os engane com argumentos falsos. (Colossenses 2:4)

7 de julho de 2017

Deus odeia o pecado mas ama o pecador?



 
Uma das falácias mais pregadas nos púlpitos e ouvidas desse evangelho açucarado dos últimos dias é de que "Deus aborrece o pecado mas ama o pecador". Será? É isso mesmo que a palavra de Deus ensina? A resposta é simples: CLARO QUE NÃO!
" Pois tu não és Deus que se agrade com a iniquidade,
e contigo não subsiste o mal.
Os arrogantes não permanecerão à tua vista;
aborreces a todos os que praticam a iniquidade.
Tu destróis os que proferem mentira;
o SENHOR abomina ao sanguinário e ao fraudulento"

(RA) Salmos 5:4-6
Apenas o texto acima já seria suficiente para elucidar tal dúvida!

Acho que é bastante simples entender que o pecado e o pecador são inseparáveis.
 
Como punir o pecado sem punir o pecador?
Não se pune o homicídio, punimos o homicida.
Não se pune o estupro, punimos o estuprador.
Não se pune a mentira, punimos o mentiroso.
Não se pune a corrupção, punimos o corrupto.

Ora, Deus condenou anjos rebeldes ao inferno e não a sua rebeldia. (Jd 1:6)
Ananias e Safira foram punidos (At 5:1-11) pela sua mentira e não a mentira teria sido punida por causa de Ananias e Safira, pois isso não é possível!

Porque não há como punir a ação e, sim, somente, o autor, o causador da ação.

Deus não lançará no inferno pecados, mas sim, pecadores!

E pra ficar bem claro aqui, entenda por pecador aquele que ama o pecado, que vive no pecado e não se arrepende de seus pecados, ainda que esteja este dentro da igreja, seja nos bancos ou seja nos púlpitos.

Mas e a Graça de Deus?
Outro problema é que muitos citam a graça de Deus como liberdade para pecar. O apóstolo Pedro deixou claro que graça não é liberdade para pecar:
"Como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus." (RA) 1 Pedro 2:16 
O novo testamento deixa isso bem claro ao longo de muitos textos. A epístola de Judas vai tratar exatamente disso, de falsos mestres que se infiltraram no meio da igreja, ensinando, entre outras coisas, que se a salvação é pela graça nada do que eu fizer de ruim me fará perdê-la. O que a maioria das pessoas esquecem é que se as boas obras não servem para nos salvar (Ef. 2:8) servem para nos condenar:
"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus." (RA) 1 Coríntios 6:9-10
Ora, não são impureza, idolatria, adultério, homossexualismo, roubo, avareza, bebedice, maledicência e roubo obras? O que Paulo cita não são os que fazem tais coisas?

Acho que ficou claro que Deus ama, sim, o pecador que se arrepende de seus pecados e os deixa, e dos seus pecados não se lembra mais (Ez 18:21-23), mas ao pecador que não se arrepende, ama seus pecados e neles permanece, a estes Deus abomina (Sl 5:6) e estes não entrarão no Reino de Deus (1Co 6:9-10), antes serão lançados no lago de fogo (Ap. 20:11-15)

 
http://comedordebiblia.blogspot.com.br/2017/05/deus-odeia-o-pecado-mas-ama-o-pecador.html
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário